.posts recentes

. A lógica dos pipis e das ...

. That's what friends are f...

. (Re) Conhecer

. Ouvir o coração

. Tomar decisões com medo

. ...

. Homens esquizofrénicos, m...

. (Curto) Elogio à amizade

. Um ano em 25

. Desenhos animados

.arquivos

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

Quarta-feira, 25 de Março de 2009

A lógica dos pipis e das pilinhas

Há quem diga que os homens e as mulheres não podem ser amigos. Ou, pelo menos, homens e mulheres heterossexuais. Eu acho que podem. Mas também podem existir confusões. Deles e nossas.

 

Ora, começando logo pela última "batata quente": um amigo (a) pode dizer "amo-te" ao outro e ser só "na base da amizade"?!

 

Há aqueles amigos, tão amigos, tão amigos, que são quase irmãos. Ou - melhor - são gajas! Gajas como nós, com quem desabafamos, falamos sobre os nossos engates, amores e desilusões, comentamos os meninos - e as meninas - que passam... e só não coçamos os tintins porque.... vá lá... parece mal!

 

Mas o que é certo é que aquelas coisas que trazemos entre as pernas distinguem-nos e dividem-nos. A lógica do pipi e da pilinha. Ou a falta deles - da lógica, dos pipis e das pilinhas. E aí começa a confusão. Ou outra confusão.

 

Até que ponto a falta de sexo - ou de amor - nos tolda o raciocínio? Até que ponto damos por nós a pensar "e se" quando, noutras circunstâncias, não o faríamos? 

 

A compatibilidade e a química são coisas diferentes, mas muito próximas. Somos absolutamente compatíveis com os amigos: identificamo-nos com eles, temos gostos parecidos, ideias semelhantes, conversas partilhadas, private jokes... enfim, tempo acumulado em conjunto.

 

Com os amores, muitas vezes, temos química. Apenas e só. Mas ela move montanhas. E que montanhas! O pior é quando acaba... Vai-se a química, não há compatibilidade... acabou, finito, the end.

 

Afinal, o que vale mais a pena? Ter um amigo como amante ou um amante como amigo?

 

E ter os dois, é possível? Siiiimmmm.... dirão alguns... Os eternos apaixonados, os sentimentais, os sortudos e felizes no amor.... Nãaaaooooo.... dirão outros... Os racionais, frios e desiludidos com a vida...

 

E nós: tu, eu, vocês todos? Onde nos encaixamos? Num grupo ou no outro? Talvez um pouco nos dois... Sem branco, nem preto... só cinzento, com riscas, às vezes, flores... Com risos e lágrimas... às vezes, que correm, às vezes, enxutas...

 

Talvez fosse bom se pudéssemos escolher. Mas seria, definitivamente, muito mais monótono.

sinto-me: inspirada

publicado por IWonderWhy às 02:19

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

That's what friends are for

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos."

(Vinicius de Moraes citado por Ana Alex)

 

"É por estas e por outras que eu sei que não ter um gajo pode, às vezes, custar, mas não ter amigas seria um zilião de vezes pior!"

(a Susy em grande estilo :)

 

E eu assino em baixo! :)))

sinto-me: nostálgica

publicado por IWonderWhy às 01:59

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds