.posts recentes

. A lógica dos pipis e das ...

. That's what friends are f...

. (Re) Conhecer

. Ouvir o coração

. Tomar decisões com medo

. ...

. Homens esquizofrénicos, m...

. (Curto) Elogio à amizade

. Um ano em 25

. Desenhos animados

.arquivos

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

Quarta-feira, 25 de Março de 2009

A lógica dos pipis e das pilinhas

Há quem diga que os homens e as mulheres não podem ser amigos. Ou, pelo menos, homens e mulheres heterossexuais. Eu acho que podem. Mas também podem existir confusões. Deles e nossas.

 

Ora, começando logo pela última "batata quente": um amigo (a) pode dizer "amo-te" ao outro e ser só "na base da amizade"?!

 

Há aqueles amigos, tão amigos, tão amigos, que são quase irmãos. Ou - melhor - são gajas! Gajas como nós, com quem desabafamos, falamos sobre os nossos engates, amores e desilusões, comentamos os meninos - e as meninas - que passam... e só não coçamos os tintins porque.... vá lá... parece mal!

 

Mas o que é certo é que aquelas coisas que trazemos entre as pernas distinguem-nos e dividem-nos. A lógica do pipi e da pilinha. Ou a falta deles - da lógica, dos pipis e das pilinhas. E aí começa a confusão. Ou outra confusão.

 

Até que ponto a falta de sexo - ou de amor - nos tolda o raciocínio? Até que ponto damos por nós a pensar "e se" quando, noutras circunstâncias, não o faríamos? 

 

A compatibilidade e a química são coisas diferentes, mas muito próximas. Somos absolutamente compatíveis com os amigos: identificamo-nos com eles, temos gostos parecidos, ideias semelhantes, conversas partilhadas, private jokes... enfim, tempo acumulado em conjunto.

 

Com os amores, muitas vezes, temos química. Apenas e só. Mas ela move montanhas. E que montanhas! O pior é quando acaba... Vai-se a química, não há compatibilidade... acabou, finito, the end.

 

Afinal, o que vale mais a pena? Ter um amigo como amante ou um amante como amigo?

 

E ter os dois, é possível? Siiiimmmm.... dirão alguns... Os eternos apaixonados, os sentimentais, os sortudos e felizes no amor.... Nãaaaooooo.... dirão outros... Os racionais, frios e desiludidos com a vida...

 

E nós: tu, eu, vocês todos? Onde nos encaixamos? Num grupo ou no outro? Talvez um pouco nos dois... Sem branco, nem preto... só cinzento, com riscas, às vezes, flores... Com risos e lágrimas... às vezes, que correm, às vezes, enxutas...

 

Talvez fosse bom se pudéssemos escolher. Mas seria, definitivamente, muito mais monótono.

sinto-me: inspirada

publicado por IWonderWhy às 02:19

link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 2 de Março de 2010 às 16:05
nunca mais escreveste nada!!!ai ai!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30
31


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds